sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

O Reino Unido e a Rainha Elizabeth

Tendo como chefe de Estado a RAINHA ELIZABETH II (Elizabeth Alexandra Mary Windsor), o Reino Unido mantém regime político híbrido - monarquia constitucional com democracia parlamentarista. A nação foi a primeira a adotar documento similar a uma constituição (a Carta Magna, de 1215) e, no século XIII, já contava com um Parla¬mento que, no decorrer dos anos, limitou o poder da família real. Na prática, o poder de Estado é exercido pelo primeiro-ministro, líder do partido com maioria no Parlamen¬to - daí a expressão "rainha da Inglaterra", quando se quer dizer que uma pessoa está em situação de comando, mas sem poder.
No início do reinado da rainha Elizabeth II, em 1952, o Império Britânico tornava-se um coadjuvante no confronto da Guerra Fria - que opunha os Estados Unidos à União Soviética. Para resgatar o carisma da Coroa, a rainha viajou pelo mundo, particularmente pelos países da Commonwealth (Comunidade Britânica). Foi a primeira visita de um monarca britânico à Austrália e à Nova Zelândia. Durante seu reinado, ela acompanhou o processo de independência de diversas colônias que, mesmo emancipadas, permanecem ligadas à Comunidade Britânica, com governos parlamentaristas que mantêm como chefe de Estado o monarca britânico.
Na estrutura de poder atual, o papel da rainha é diplomático e protocolar, auxi¬liando a divulgar uma imagem positiva da monarquia britânica.

Fonte: Atualidades Vestibular – Ed. Abril

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico muito agradecido pela sua visita.
Me perdoe não poder responder às suas perguntas.
Se gostou e quiser elogiar ou criticar positivamente, ficarei agradecido e até envaidecido.
Se não gostou, não há necessidade de expor sua ira, frustrações ou ignorância escrevendo grosserias. Simplesmente procure outro material na internet.
Forte abraço!
Prof. Miguel