sábado, 17 de abril de 2010

Os Tigres Asiáticos

Os Tigres Asiáticos

NOVOS PAÍSES INDUSTRIALIZADOS: - PLATAFORMAS DE EXPORTAÇÃO

Uma pesquisa sobre competitividade, realizada em 2001 pelo IMD (International Institute for Management Development), um importante instituto suíço, classificou os países considerados de maior influência na economia mundial.
Entre os 49 nomes citados estão Cingapura (2° lugar), Hong Kong - região administrativa anexada à China (62 lugar) -, Taiwan ou Formosa (189 lugar) e Coréia do Sul (28S lugar), que formam o segundo grupo dos países subdesenvolvidos industrializados - as plataformas de exportação. São antigos países agrícolas que se tornaram grandes exportadores mundiais, daí serem classificados dessa forma.

Os quatro tigres originais

A rápida expansão econômico-industrial de Cingapura, Coréia do Sul, Hong Kong e Taiwan valeu a essas quatro áreas o título de tigres ou dragões asiáticos. Entre 1960 e 1990, elas apresentaram o maior índice de crescimento econômico mundial.
Se pensarmos no caso do Brasil, Argentina, índia e México, é possível que associemos industrialização tardia às grandes riquezas naturais encontradas num país. Entretanto os tigres asiáticos não têm riquezas naturais. Até a década de 1950 tinham a agricultura como base econômica. Mas a origem da sua industrialização, também retardatária, difere daqueles países que iniciaram sua industrialização a partir da substituição de importações (assunto do capítulo anterior).
O início da transformação radical dessas economias ocorreu a partir da instalação de filiais de indústrias norte-americanas e, principalmente, japonesas, que contaram com estas excepcionais vantagens na nova localização:
- Mão-de-obra barata, se comparada com a européia e a dos norte-americanos, abundante, qualificada e disciplinada (as greves e os sindicatos eram praticamente proibidos pelo governo), tornando a produção mais barata e competitiva no mercado internacional.
- Adoção de valores japoneses, como a obediência, a disciplina, o trabalho e a cultura.
- O Estado se encarregou de promover e garantir as condições para essa industrialização, dando subsídios às exportações e dificultando a concorrência de produtos estrangeiros. Também controlou as importações, desvalorizando as moedas nacionais e garantindo os preços menores de seus produtos.
- Foi estimulada a poupança interna, isto é, o consumo interno reduzido permitia que o dinheiro poupado pelo povo financiasse novos investimentos industriais.
- Os investimentos em educação tornaram-se prioritários, uma vez que eram altos os índices de analfabetismo. Mais tarde, muitos estudantes e trabalhadores puderam se aperfeiçoar no exterior.
- Os governos, então, eram autoritários ou ditatoriais, não existia democracia nem eleições gerais, o que garantiu que essas medidas fossem concretizadas. Soem 1987 a Coréia do Sul teve eleições diretas para presidente; Cingapura teve durante 25 anos (1965-1990) um único primeiro ministro e Taiwan permitiu que partidos oposicionistas disputassem eleições somente a partir de 1992.
Como resultado do empenho desses Estados para criar uma nova estrutura econômica, houve um excepcional crescimento de seus PIBs a partir da década de 1970, acompanhado de grandes superávits comerciais, elevação dos indicadores sociais e ampliação de seus mercados internos.
A época de maior crescimento econômico dos tigres asiáticos, que passaram a girar em torno da economia japonesa, foi de 1960 a 1997. Nesse ano, inicia-se a crise das economias asiáticas, que repercutiu em todo o mundo, acabando por abalar a própria economia do Japão, segundo país mais rico do mundo.
O rápido crescimento econômico foi comum aos quatro tigres asiáticos, no entanto cada um deles apresenta características particulares. Vejam:.

TIGRES ASIÁTICOS: PRINCIPAIS DIFERENÇAS

CINGAPURA. Ocupa posição estratégica entre os oceanos Índico e Pacífico, no estreito de Malacã. Situada na rota dos navios petroleiros que abastecem os países do Extremo Oriente, Cingapura é um dos mais movimentados portos do mundo. É formada apenas por uma cidade, tendo 100% de população urbana. Em sua pauta de exportações destacam-se: produtos eletrônicos de alta tecnologia, maquinário elétrico e derivados do petróleo.
COREIA DO SUL. País que resultou do conflito entre Estados Unidos e socialistas, na península da Coréia, da qual ocupa a parte meridional. Exporta automóveis, produtos têxteis, eletroeletrônicos, brinquedos, tecidos, calçados, entre outros. A Samsung, a Hyundai, a Daewoo e a LG são marcas transnacionais coreanas muito conhecidas. Dos quatro tigres asiáticos, a Coréia do Sul é o que tem a economia mais diversificada.
Como todos os outros, foi atingida pela crise de 1997 e pela atual recessão mundial. Desde 2000, pensa na hipótese de uma reunificação da península, avaliando a responsabilidade de absorver a falida economia norte-coreana.
HONG KONG. Colônia inglesa durante 150 anos, voltou para a administração chinesa em 1997. Importante centro financeiro mundial e terceiro maior porto em movimento do mundo, ganhou o status de região administrativa, formando um enclave capitalista na China de regime socialista.
TAIWAN. Com uma situação política indefinida, desde que os comunistas tomaram o poder na China em 1949, Taiwan tornou-se uma plataforma de exportação na década de 1960. Caracteriza-se pela produção dê eletroeletrônicos, microcomputadores e pelo setor petroquímico.

Os novos tigres asiáticos

Indonésia, Malásia e Tailândia expandiram suas economias e se industrializaram, com a participação de capitais japoneses e dos tigres originais, sendo, por isso, chamados de novos tigres asiáticos. Os investidores vão em busca das mesmas vantagens que permitiram a mudança da economia de seus países e quase não existem mais, como mão-de-obra barata, e de condições que nunca tiveram, como recursos minerais.

Um comentário:

Fico muito agradecido pela sua visita.
Me perdoe não poder responder às suas perguntas.
Se gostou e quiser elogiar ou criticar positivamente, ficarei agradecido e até envaidecido.
Se não gostou, não há necessidade de expor sua ira, frustrações ou ignorância escrevendo grosserias. Simplesmente procure outro material na internet.
Forte abraço!
Prof. Miguel